UFSCar celebra colação de grau da primeira turma do Curso de Medicina

0 Comentários // em UFSCar // 1 de fevereiro de 2012

Colação de grau - Turma I

No dia 26 de janeiro foi celebrada a cerimônia de colação de grau dos primeiros médicos formados pela UFSCar. O evento, que aconteceu no Teatro Florestan Fernandes (campus São Carlos), contou com 32 formandos, que ingressaram no curso de Medicina da UFSCar em 2006. O tom da cerimônia foi dado por pronunciamentos que destacaram, por um lado, o sentimento de conquista pela construção coletiva e pela superação de desafios e dificuldades próprios da implantação de um novo curso de graduação – e, especialmente, de um curso com características inovadoras como o curso de Medicina da UFSCar –, e, de outro, a relevância do compromisso dos formandos com o sistema público de Saúde brasileiro.

“Neste momento, sinto uma mistura de felicidade com um começo de saudade de todas as coisas boas que vivi nesses seis anos de UFSCar. Aqui aprendemos a ver o paciente pelo todo e a oferecer um tratamento humanizado”, expressou o formando José Luis Teixeira Filho. Marcos Antonio Francisco, orador escolhido pelos formandos, destacou em seu discurso o pioneirismo da primeira turma e sua participação na resolução dos problemas encontrados, dizendo aos colegas o quanto deveriam se sentir orgulhosos das escolhas que fizeram e da trajetória que construíram na Universidade. “Tenho orgulho de ter me formado na UFSCar. Se eu puder um dia ser docente aqui, será um sonho realizado”, afirmou o formando.

O coordenador do curso nos últimos dois anos e paraninfo da primeira turma, Humberto Sadanobu Hirakawa, iniciou seu discurso agradecendo as várias instituições que foram parceiras da UFSCar nesses primeiros anos do curso de Medicina. Uma das características que diferenciam a proposta da Universidade é justamente a estreita integração com outras instituições responsáveis pelo cuidado à Saúde. “Nós todos sabemos que o SUS que queremos não é o SUS compensatório que existe hoje. Queremos um Sistema justo, que ofereça o que as pessoas necessitam e do qual as pessoas decidam sair não devido à qualidade, mas apenas por outros aspectos menos relevantes, como preferências pessoais, serviços de hotelaria, dentre outros. Queremos um SUS que faça a diferença e no qual nós façamos a diferença, e é para isto que estamos formando nossos alunos”, declarou Hirakawa.

O professor Bernardino Geraldo Alves Souto, atual coordenador do curso de Medicina e um dos docentes homenageados pelos formandos, destacou a importância dessa primeira turma, por terem “protagonizado a história e participado do aprendizado de como se muda a sociedade, de como se constrói um novo modelo em que se cuida de pessoas, em que que se cuida não da vida e da morte, mas sim de algo muito maior, que é a existência”.

O Reitor da UFSCar, Targino de Araújo Filho, lembrou que a demanda por um curso de Medicina foi apresentada à Universidade já no momento de sua criação, na década de 1970, e que a decisão de implantá-lo em 2006, com características diferenciadas, foi tomada de forma coletiva pela comunidade universitária. “A ousadia, a inovação e os processos democráticos e participativos de decisão são características que diferenciam esta Instituição. Também é um princípio de nossa atuação a excelência acadêmica com compromisso social e, consequentemente, perseguimos uma formação que garanta aos futuros profissionais uma qualificação técnica excelente e, ao mesmo tempo, o desenvolvimento do compromisso com a transformação de nossa sociedade. Os alunos da primeira turma do curso de Medicina sem dúvidas tiveram uma formação muito impactada por essas características”, afirmou o Reitor.  “Esta primeira turma com certeza é um presente para o nosso país”, concluiu o Reitor.

Além dos formandos, seus pais e outros convidados, e das autoridades anteriormente citadas, a cerimônia de colação de grau contou também com a presença da Pró-Reitora de Graduação da UFSCar, Emília Freitas de Lima; dos professores Sérgio Luiz Brasileiro Lopes, patrono da turma, e Ludmilla Alexandra Araújo Lewinsohn, homenageada; e do Diretor do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, José Eduardo dos Santos; bem como de vários outros professores e servidores técnico-administrativos vinculados ao curso de Medicina.

Através de Coordenadoria de Comunicação Social da UFSCar.

Sobre o Autor

Escrito por: | Visitar Website

Deixe um comentário!

*required

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  • RSS
  • Email
  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • Flickr
  • YouTube