Gestantes demoram para perceber problemas de saúde, aponta pesquisa

0 Comentários // em Notícias SUS UFSCar // 14 de março de 2012

Gestante

Uma pesquisa feita pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) em parceria com a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) constatou que 44% das mortes maternas têm relação com a demora da mulher em perceber problemas de saúde durante a gestação.

O estudo acompanhou várias grávidas de todo o país por um ano e chegou à conclusão que entre os registros de morte materna, quase metade ocorreu porque a mulher grávida, ou a que acabou de ter bebê, demorou a perceber que estava com problemas de saúde.

Rodolfo de Carvalho, um dos médicos que participou da pesquisa, explicou que entre os sintomas de risco está o ganho exagerado de peso, mais de dois quilos por semana, combinado com dor de cabeça aguda e pressão alta.

A médica Carla Polido disse que os problemas de saúde das gestantes podem ser identificados no pré-natal. “90% das mulheres não terão problema durante a gestação e o problema dos outras 10% pode ser identificado no pré-natal”.

Pré-natal

Carla alertou ainda sobre a importância do pré-natal para evitar problemas na gravidez. “O pré-natal pode evitar que a mãe tenha um desfecho desfavorável”, complementou.

A Organização Mundial de Saúde recomenda que as mulheres façam, no mínimo, seis consultas de pré-natal durante a gestação.

Confira a entrevista aqui.

Através de g1.globo.com

Sobre o Autor

Escrito por: | Visitar Website

Deixe um comentário!

*required

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  • RSS
  • Email
  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • Flickr
  • YouTube