Começam amanhã as inscrições para o SiSU

0 Comentários // em UFSCar Vestibular // 5 de janeiro de 2014

Começam amanhã as inscrições para o SiSU

 

Começam amanhã as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada, o SiSU, que reúne vagas de universidades federais de todo o país. As inscrições devem ser feitas entre os dias 6 e 10 de janeiro de 2014. Para o curso de Medicina, a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) oferece 40 vagas.

De acordo com o portal da universidade, “neste ano, a UFSCar já atingiu o percentual de 50% de vagas reservadas aos estudantes que cursaram o Ensino Médio integralmente em escolas da rede pública de ensino, sendo que metade dessas vagas estão reservadas para estudantes que tenham renda bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita. Na divisão das vagas pelo critério de menor ou maior renda, também é aplicada a reserva para estudantes que se autodeclaram como pretos ou pardos (34,7% das vagas), na forma definida no regulamento”.

O resultado da primeira chamada do SiSU será divulgado no dia 13 de janeiro e deve ser consultado nos sites do SiSU e da UFSCar. O requerimento da matrícula deve ser feito nos dias 17, 20 e 21 de janeiro, de acordo com o curso em que o candidato foi selecionado e nos locais e horários estabelecidos no calendário do processo seletivo.

A UFSCar divulgou um comparativo entre a “nota de corte” da 1ª chamada do SiSU e a nota final dos estudantes ingressantes em 2013: confira.

Da greve estudantil até agora: O que mudou na Medicina UFSCar?

9 Comentários // em Greve Movimento Estudantil Notícias UFSCar Vestibular // 4 de janeiro de 2014

Da greve estudantil até agora: O que mudou na Medicina UFSCar?

Departamento de Medicina da UFSCar

Está estampado em todos os portais de informação: o ano de 2013 foi turbulento para os estudantes de Medicina da Universidade Federal de São Carlos, a única universidade federal no interior do estado de São Paulo. Logo no início de 2013, a ausência das atividades práticas previstas pelo projeto político pedagógico do curso levou os estudantes do 1º ao 4º ano a uma greve… Ah, a famigerada greve dos estudantes de Medicina da UFSCar! A greve que reivindicou a entrega de prédios e laboratórios, contratação de um número adequado de preceptores, garantia de cenários de prática suficientes… A greve que chamou atenção por suas manifestações ousadas, que levou os estudantes às ruas, à Câmara e à Prefeitura Municipais de São Carlos, e, até mesmo, à Brasília… A greve que durou 82 dias, exaurindo os estudantes e culminando em uma carta que pedia o fechamento do curso. E foi isso o que a mídia mostrou. Mas o que mudou desde então?

Primeiramente, vale ressaltar que o curso não fechou ou remanejou estudantes, não reduziu ou deixou de abrir vagas para o vestibular, que as atividades estão sendo realizadas, incluindo os estágios práticos…  E que não, não há previsão de fechamento do curso, caso restem dúvidas.

Enquanto alguns dos desenrolares da greve foram extremamente divulgados, outros, tão importantes quanto, não foram divulgados para além-universidade.

Ainda durante a greve, após diversas sessões na Câmara Municipal de São Carlos, uma lei que regulamenta a contratação de preceptores foi aprovada, depois que os alunos lotaram diversas das semanais sessões dos vereadores. Contudo, isso não foi suficiente para que todas as atividades práticas dos 3º e 4º anos, que são feitas em Unidades Básicas de Saúde, acontecessem em São Carlos, e parte dos estudantes realizaram seus estágios em Rio Claro.

Parte do DMed 2 (Departamento de Medicina 2), um prédio laboratorial, foi entregue. De acordo com a reitoria, o prédio será concluído em etapas, de acordo com solicitações de laboratórios por parte da chefia do departamento de Medicina.

O prédio da USPP-S (Unidade de Simulações da Prática Profissional em Saúde) foi finalmente entregue. A inauguração do prédio, usado para as atividades de simulação de práticas em saúde, aconteceu no dia 9 de setembro, sendo uma representação concreta das conquistas que a greve estudantil proporcionou aos alunos.

Mas a notícia que ganhou a mídia no final do ano de 2013 foi a seguinte: a prefeitura municipal de São Carlos finalmente concordou com a Federalização do Hospital Escola. O hospital passará das mãos do município para a universidade já no primeiro mês de 2014 e deve estar em pleno funcionamento até 2015, aumentando o campo de atuação acadêmica e trazendo uma proposta de melhora do serviço público de saúde de São Carlos e região.

O final de 2013 reservou ainda outras notícias animadoras: a universidade e a Santa Casa de Misericórdia de São Carlos finalmente entraram em acordo e parte dos estágios do internato acontecerão no hospital já a partir de 2014.

As reuniões em Brasília também deram resultado: no final do ano, a coordenação do curso de Medicina da UFSCar soube que 29 vagas docentes foram liberadas para o curso pelo Ministério da Educação. A notícia foi recebida com otimismo, uma vez que essas vagas podem  melhorar o quadro de preceptores, somando docentes a essa função, e aumentando o vínculo da universidade com o município.

Depois de um 2013 conturbado, mas, felizmente, de várias conquistas, é com esse cenário promissor que o curso de Medicina da Universidade Federal de São Carlos começará o ano de 2014.

Hendrick Gramasco – Turma VIII 013

“Sonho que se sonha só
É só um sonho que se sonha só
Mas sonho que se sonha junto é realidade.”
Raul Seixas

Inscrições com desconto para o COMUSCar se encerram esta semana

0 Comentários // em CoMUSCar Eventos São Carlos UFSCar // 9 de abril de 2013

Inscrições com desconto para o COMUSCar se encerram esta semana

Iniciativa dos estudantes de medicina da UFSCar e apoiado pelo CAMSA, o  Congresso Médico Universitário de São Carlos (COMUSCar) chega a sua quarta edição no ano de 2013 e ocorrerá entre os dias 25 e 28 de abril, na UFSCar. Trata-se de evento de alto nível científico, com presença de palestrantes renomados a nível nacional. Durante o evento também ocorrerão oficinas e discussões, além da apresentação de trabalhos acadêmicos, sendo que qualquer estudante pode concorrer ao Prêmio Sérgio Arouca, que seleciona os melhores trabalhos do ano. Aproveite esta última semana para realizar sua inscrição com desconto através do site do evento ou pessoalmente com qualquer membro da comissão organizadora.

Clique aqui para ter acesso à programação do evento na íntegra.

Inscrições até 15/04

  • Estudantes: R$ 45,00
  • Profissionais:  R$ 65,00

Até lá!

DACA da FAMEMA manifesta seu apoio

0 Comentários // em CAMSA Greve Medicina Movimento Estudantil Notícias Paralisação UFSCar // 31 de março de 2013

Em moção de apoio publicada em sua página do facebook em 14 de março de 2013, o Diretório Acadêmico Cristiano Altenfelder, órgão de representação máxima dos estudantes de medicina da Faculdade de Medicina de Marília (FAMEMA), manifesta seu apoio e mais uma vez legitima o movimento de greve dos estudantes de medicina da UFSCar. Segue texto na íntegra:

“Marília, 14 de março de 2013.

MOÇÃO DE APOIO À GREVE DO ESTUDANTES DE MEDICINA DA UFSCAR

O Diretório Acadêmico Christiano Altenfelder, órgão de representação máxima dos estudantes de medicina da Faculdade de Medicina de Marília (Famema), manifesta seu apoio aos estudantes de medicina da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) que lutam por melhorias na graduação e decidiram em assembleia geral pela greve estudantil.

Entendemos que a a precarização do ensino, falta de professores e infraestrutura, são problemas comuns a muitos estudantes, e são consequência do sucateamento da universidade brasileira. Desta forma, todo o movimento estudantil deve se engajar na luta por uma educação de qualidade, à exemplo dos colegas da UFSCar que estão se mobilizando em defesa dos interesses estudantis e da população que merece ser atendida por médicos bem formados, críticos e competentes para exercer sua profissão.

Nos colocamos à disposição para colaborar com os colegas nessa luta!

Todo apoio à luta dos estudantes!

Diretório Acadêmico Christiano Altenfelter – DACA Famema
Gestão 2012/2013 – “Construção””

DACA da FAMEMA manifesta seu apoio

 Informe-se mais em nosso blog da greve.

Estudantes de Medicina da UNICAMP apoiam nosso movimento

0 Comentários // em CAMSA Movimento Estudantil Paralisação UFSCar //

O Centro Acadêmico Adolfo Lutz, órgão representante dos estudantes de medicina da UNICAMP, publica em seu site, em 13 de março de 2013, moção de apoio ao Movimento de Greve organizado pelos estudantes de medicina da UFSCar. Abaixo o texto na íntegra

“MOÇÃO DE APOIO À GREVE ESTUDANTIL NA UFSCAR

O Centro Acadêmico Adolfo Lutz, órgão de representação máxima dos estudantes de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (FCM/UNICAMP), vem por meio desta tornar público o apoio aos estudantes de Medicina da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) que decirdiram em Assembléia Geral pela Greve Estudantil.

A falta de docentes e preceptores nos campos de estágio e o constante atraso em obras são alguns dos problemas enfrentados pelos colegas em São Carlos e que revelam uma constante na Educação Brasileira: o Sucateamento deste serviço para a população estudantil e toda a sociedade, que não contam com condições adequadas para desempenho de atividades ligadas ao ensino, à pesquisa e à extensão.

Neste sentido, vemos na atitude dos estudantes da UFSCar um exemplo a ser seguido e um importante marco do movimento estudantil em defesa dor interesses acadêmicos e da população, que merece médicos críticos e bem formados para atender a reais demandas da sociedade.

Por uma educação de qualidade!

Todo o apoio à greve!

Saudações Estudantis!

Centro Acadêmico Adolfo Lutz – Medicina UNICAMP

Gestão – “É Tempo” 2012/2013″

Estudantes de Medicina da UNICAMP apoiam nosso movimento

Página 3 de 912345...Última »
  • RSS
  • Email
  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • Flickr
  • YouTube