0

“Significant others”, “supportive opposites” ou “mulheres genéticas”: a perspectiva de mulheres que auxiliam homens na prática do crossdressing

Responsável: Prof. Dra. Anna Paula Vencato (Pesquisadora Associada do Grupo de Pesquisa Corpo, Identidade e Subjetivações -
CIS/DS/UFSCAR;. Professora da UNIP)

RESUMO: Esta pesquisa analisa a perspectiva de “mulheres genéticas” que auxiliam homens na prática do crossdressing sobre seu papel como S/O’s (“Significant others” ou “supportive opposites”). Para tanto, lança mão de contatos pré-estabelecido com algumas S/O’s durante pesquisa de doutorado. Utilizando a metodologia “bola de neve”, chegar-se-á a outras entrevistadas indicadas pelas primeiras. A pesquisa realiza-se através de entrevistas semiestruturadas com as interlocutoras, seja presencialmente ou via internet. Comunidades em redes de sociabilidade virtual destinadas a troca de informações sobre esta prática também compõem o universo observado. Se em pesquisa anterior, o foco estava nos homens praticantes de crossdressing e as mulheres, assim como o que ocorre nos encontros para crossdressers,ficavam em segundo plano, a ideia dessa proposta de pesquisa é investigar o crossdressing a partir da perspectiva das “mulheres genéticas” que auxiliam esses homens a “se montarem” e não a partir do olhar deles. Assim, busca-se compreender, a partir do que elas relatarem, que impactos o lugar de S/O tem em suas vidas e nas formasccomo se percebem com relação a suas relações de amizade, relaçõescfamiliares e conjugais, suas feminilidades e sexualidades.

PALAVRAS CHAVE: relações sociais; estigma; sexualidade; gênero; mulheres.

FINANCIAMENTO: CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) – Edital MCT/CNPq/SPM-PR/MDA nº 20/2010 – Relações de Gênero, Mulheres e Feminismo / Edital nº 20/2010 – Categoria 2: Projetos com valor máximo de R$ 25.000,00.