2 girls 1 cuptwo girls one cup2 girls 1 cup2 girls 1 cup

O objetivo principal do projeto de pesquisa aqui proposto é o estudo do sistema terapêutico alto xinguano, pressupondo-se que esse sistema opera por meio de uma série de homologias e correspondências lógicas entre planos diversos de classificação e re-elaboração contextual dos acontecimentos que passam a ser re-significados de acordo com esse sistema, o que permitiria: 1) observar e elucidar os conflitos e impasses tanto de caráter propriamente político que presidem as relações diferenciais entre as lideranças locais e os agenciadores dos programas de saúde (dentre outros) que lhes são dirigidos assim como o tipo de demanda por serviços que requerem; 2) a natureza intrínseca desses conflitos, fundada em um certo eidos alto xinguano, o que poderia contribuir, sob essa forma, também para uma melhor compreensão de certas características que são atribuídas a essas sociedades. Sob esse aspecto, trata-se aqui de recuperar o modus operandi do sistema terapêutico nativo não somente porque ele informa as estratégias profiláticas locais, mas também permitiria subsidiar as ações em saúde de acordo com os princípios constitucionais que atribuem a essas comunidades um sub-sistema especial e diferenciado de atenção, no qual inclui-se a gestão sobre os recursos e os programas dirigidos à saúde indígena. Trata-se também de identificar os problemas oriundos da implantação de um modelo de atenção à saúde face aos sistemas terapêuticos tradicionais e às lógicas de ordenação do(s) mundos. Ou seja, identificar qual tem sido o significado real dentro do campo semântico e da práxis tanto dos agentes de saúde quanto dos usuários, indígenas, dos serviços de saúde que lhes são dirigidos ou colocados à disposição para o seu atendimento.